Humanizar é amar, ame o seu SUS e faça dele o melhor para sua saúde

Sofremos o impacto ambiental em toda parte e a concentração das filas nos hospitais, como evoluir o planejamento da saúde da cidade sem gestão e sem integralidade??? 

Acredito que a comunicação seja a base de uma boa consulta e a princípal ferramenta para se estabelecer uma relação médico-paciente. Ainda quando a população é idosa e de baixa escolaridade, portanto é fundamental em muitas vezes adaptar a forma de abordar, adaptar o vocabulário e muitas vezes utilizando de uma linguagem  e instrumentos que estão mobilizando deveras a comunidade do PSF Júlio de Lollo em São Joaquim da Barra, SP.

Para que o paciente entenda a razão de estar ali e porquê deve se cuidar e cuidar do seu bairro como deve cuidar da saúde, sem a frustração de ser encaminhado para um especialista, em busca do diagnóstico preciso e urgente, mas quase sempre a informação não evolui e não integra e manca a resolutividade e a cura.

É a maior satisfação, curar o paciente!!! Pois é ele quem sofre, e muitas vezes não entende o que se passa com ele e seu modo de adoecer. Porque adoece.

Acredito que tudo é questão de gestão e integração do sistema de saúde e atuar na prevenção, na Homeopatia Preventiva que iniciei em São Joaquim da Barra e encontrei no E-SUS esta semana implantado e já funcionando.

A abordagem do paciente psiquiátrico no programa saúde da familia tem sido um desafio importante para mim, pois descobri novas formas de ampliar meus instrumentos para a cura do meu paciente, bem como a minha própria cura.

No programa mais médicos vi que a equipe e o pacto que temos que fazer com ela, passa a ser mais importante que quando eu estava inserido no sistema de saúde como cirurgião pediatra e homeopata no âmbito das especialidades, sem perceber a dimensão da saúde em seus aspectos territoriais, ambientais e mesmo epidemiológicos de forma prática como se tornou premente agora diante de uma pandemia como esta que hora enfrentamos.

Cresci muito em apenas uma ano de trabalho, quando me empenhei a trazer a homeopatia como especialidade médica dentro das práticas integrativas e complementares envolvendo me efetivamente mais no SUS depois de ter participado do sistema fragmentado das especialidades e sem buscar a integralidade tão importante  como vejo agora no que começo a fazer e viver sim: uma nova dimensão do trabalho de médico integral para uma medicina mais integralizada e curativa.

A medicina antroposófica, que nos dá uma idéia muito interessante sobre a sucessão entre o primeiro filho, que seria a expectativa do pai, o segundo a da mãe e o terceiro transformaria a relação do casal e assim sucessivamente, e há uma certa lógica nessa forma de abordar a construção de uma família.

Mas formar uma familia, além do planejamento familiar, envolve um auto conhecimento que urge se perceber diante da perspectiva de se ter um filho, mesmo que ele possa chegar sem programação do casal, sempre gerará conflitos, mas como suplantar e vencer-se neste auto conhecimento?

A família é a maduridade maior que o ser humano deve enfrentar: cuidar do outro sobretudo com amor, mesmo que você ainda não saiba como amar, urge tentar!!!

Projeto Pegasus COMVIDA 2020

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s