“O para-raio da relação conflituosa do casal, sempre será a criança”

Quando na inter-relação familiar entre seus membros, vemos sempre fatores que emergem quando se altera as forças entre os personagens de uma família seja pelo nascimento de uma criança como a morte, ou atitudes de violências contra ela,  podem determinar alterações profundas e diferentemente para cada um dos membros de uma família, como bem tem observado Hellinger em seu método criado, conhecido como Constelação Familiar, costumo dizer que a criança enquanto filho é o para-raio da relação do casal, quando temos trovoadas e raios, a parte mais sensível será afetada e deve-se blindar a criança e sempre protegê-la, pois teremos um futuro humano mais seguro e sustentável.

Quanto a família que se desagrega frente às pressões sócio-ambientais para não dizer das crises morais que afetam toda sociedade, que se estampa como uma criança desprotegida pela ausência dos pais, e diante da luta cotidiana, urge além dos mecanismos protetores da família que abaixo do nível de pobreza,  e qualquer outra família ou nível social, deve-se criar mecanismos mínimos protetores da criança, como é a Casa do Aconchego de Franca SP, vinculada ao Berçário da Dona Nina que atende crianças vitimizadas e fortalece os laços de família dando apoio e segurança a criança.

E através da escolha de abordagem coletiva principalmente em núcleos de violência ou, em equipes que podem intervir como é o agente de saúde integrado a uma equipe do Programa de Saúde da Família , em função da expertise que se deva adquirir num processo terapêutico de equipes multiprofissionais, pois devem se integrar para que venham a adquirir a vivência terapêutica de um dos princípios do SUS que é a  integralidade em saúde que busca uma maior resolutividade do sistema na construção da cura do próprio sistema e dos membros da comunidade alvo.

Passos do processo tutorial na Aprendizagem baseada em problemas.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s