Astronautas das civilizações na rota da sustentabilidade: tudo começa e termina aqui, um Brasil em desalinho!

Grata satisfação de tê-lo conhecido em 1989, em Paris, quando Raoni, juntamente com Sting, criaram a Rainforest Foundation

https://youtu.be/JovhO8cFmgI

Depois, reencontramos-nos no Rio+20.

Por onde vi e nasci, minha vida traz uma afinidade ancestral pelos nossos povos indígenas de toda Nação.

Brasil em descoberta, éramos mais de 3.000.000 de silvícolas em todas américas, enquanto Lisboa na época do descobrimento detinha 40.000 habitantes, menos que os brasileiros já mortos nesses meses de pandemia num Brasil em desalinho, nesta segunda década do Século XXI!

Aonde iremos todos depois de 2020? Vamos todos sozinhos? Iremos juntos em quarentena? Ou vamos todos isolados mas todos juntos de dentro da quarentena mundial ?

Brasilis, Nação Tupi e não tupi

Quando nos importamos realmente com aquilo que fazemos, talvez a crise lá fora esteja bem menor…
Sonhei um dia empreender…
Pois achava que das ideias que tinha na cabeça poderiam vir a se materializar para um grande bem comum…
Produzir uma maneira de produzir um produto que se fosse aplicado, verteria sucesso a toda pessoa que nele tocasse ou que aonde, pudesse ser aplicado seria uma solução executada e uma evolução conquistada…
Li livros nos aeroportos, desde da marca Starbucks quando iniciava e antes mesmo também vi a Apple, ir se desenvolvendo…
Sempre fascinado pelo empreender e cheguei a escrever uma tese de mestrado que pudesse incubar empresas num país diferente…
Empreender, ser empreendente cheguei a definir e montar uma ong, IDESUFRAN, trabalhei com crianças carentes e que vi se tornarem professores das escolinhas de informáticas e depois empreendedores e hoje trabalham por aí num país combalido e sem ainda ser feliz!
Que país é este?
Que estamos nós todos aqui fazendo a mais para mudar?
E das crianças que ainda nascem num país dormente em berço esplêndido e que ainda virão a bailar?
Que futuro nós aqui estamos gestando? Que gesto fazemos para mudar o destino de estarmos condenados ao sacrifício da Liberdade?
Seres livres em criativas iniciativas, iniciai vossas transformações e venham ver nascer uma semente de nossa ação: eia agora enquanto há hora e nasce uma nação: Brasilis … nação tupi or not to be, né sô!!!

Wagner D. Ribeiro

Redescobrindo o meu próprio mundo!!!

Sempre a intuição…

Aquela voz interior que vem da consciência do Homem e que qualquer homem tem…

Ela diz com propriedade: “Conhece te a ti mesmo!” e conversa com você desde os tempos idos dos gregos em Delfos no Templo dos Deuses.

E lhe chama a atenção sempre, como o Grilo Falante que alerta a inconsciência mentirosa de um projeto de gente: Pinóquio, sim aquele boneco de pau do carpinteiro entalhador Sr Geppeto.

Somos o que pensamos e afirmamos sempre!!!

E criamos com o nosso pensar, tudo, como nos ensina Emmanuel em seu livro: “Pensamento e Vida”.

Mas seguir ela, a intuição é se fazer descoberto na Luz do mundo, ao sair da caverna escura de Platão. 

É ter a ousadia de existir num Universo que se cria ao pensar!

E pensando somos deuses no próprio Deus!

Co-criadores em plano menor mas à semelhança De.

Redescobri meu próprio mundo da criação e portanto mais consciente desta maior responsabilidade: existir em um plano maior!

Sim, quando o criador Geppetto queria um filho e fez seu projeto na madeira, tinha a intuição como motor criativo do seu pensamento.

Aperfeiçoo, mas precisou do toque de Midas que revitalizou na madeira a própria Vida, que de início falaciosa, se reafirma no Grilo despertador da consciência. 

Era ali naquele inseto a personificação da intuição soberana e gênese de tudo!

Sempre ela, a intuição que nos pedia avançar para uma maior consciência: a família!

A família, minha consciência desperta da caverna para meu feito alado e livre: transformar meu mundo e me liberar da corrente do fundo deste oceano azul!!!

Namastê –   “Sinastê” como do grego synaísthesis como sinestesia!!! 

A lógica do desenvolvimento sustentável empresarial

A VEZ E A LÓGICA DO DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL NO MUNICÍPIO DE  FRANCA-SP  E REGIÃO : A INTEGRAÇÃO  SÓCIO-AMBIENTAL NA MICROECONOMIA DO BAIRRO ATRAVÉS DE INCUBADORA DE EMPRESAS COMUNITÁRIAS  E TECNOLÓGICAS.

                                                                   

Dissertação apresentada à Faculdade de  Ciências Econômicas, Administrativas e Contábeis de Franca-SP ao  Programa   de Mestrado do Curso de Pós – Graduação Stricto sensu (Área de  Concentração: Gestão Empresarial), para obtenção do título de Mestre.Orientador: Prof. Dr. José Walter Canôas da Unesp/ Franca.

 

FRANCA
2000

Continuar lendo