A Homeopatia frente a Epistemologia II

Dr. Wagner Deocleciano Ribeiro

Este livro foi elaborado após sete anos de estudo onde o autor, formado em medicina (1986) tendo feito residência médica em Clínica Médica (1987/1988) especializado e m Homeopatia (1986/1987) e tendo sido residente estrangeiro de Cirurgia Pediátrica nos Hospitais de Paris através do Colégio de Medicina de Paris, adquiriu experiências clínicas em Homeopatia já no terceiro ano de Faculdade quando fundou o Grupo de Estudos Homeopáticos Samuel Hahnemann em Uberaba MG a partir de 1984.

Tendo sido contemplado neste ano com o prêmio da Associação Brasileira de Homeopatia Alberto Seabra com o melhor trabalho de Estudante de Medicina apresentado sobre o tema Homeopatia. Este contato precoce com a Homeopatia e posteriormente a realização do Curso de Formação de Docentes e Pesquisadores em Homeopatia pela Universidade Federal de Uberlândia-MG (1991) possibilitou que o Instituto Homeopático François Lamasson em Ribeirão Preto o convidasse para a Docência à nível de especialização para médicos, dentistas, veterinários, farmacêuticos que vem exercendo desde o ano de 1992.

Durante o ano de 1991 prestou novo concurso para residência médica em Cirurgia Pediátrica na Universidade Federal de Uberlândia-MG terminado em 1994 juntamente com o Curso de Especialização em Filosofia, que fez o autor refletir no corpo do conhecimento da Homeopatia e sua relação com a Ciência Médica atual. Foi em função pois desta formação que surgiu o livro A Homeopatia Frente a Epistemologia.

Atual Presidente da Associação Médica Homeopática do Estado de São Paulo (1997) e cirurgião pediatra do Hospital São Joaquim em Franca-SP, foi professor do Instituto Homeopático François Lamasson em Ribeirão Preto-SP

COPYRIGHT by Wagner Deocleciano Ribeiro, 1997.

R372h

Ribeiro, Wagner Deocleciano, 1961 A Homeopatia Frente a Epistemologia / Wagner Deocleciano Ribeiro, FRANCA, São Paulo, Editora Ribeirão Gráfica, 1997. p160

Bibliografia

1. Homeopatia. 2. Epistemologia

CDD – 615.532 121

Projeto Gráfico e Digitação: Luciene Vilela de Oliveira Garcia Capa: Wagner Deocleciano Ribeiro Capa e Arte Final: Luciana Esteves Zunstein Ribeiro

1 edição Ribeirão Gráfica e Editora

Todos os direitos reservados por Wagner Deocleciano Ribeiro

R. General Carneiro, 2367 , 1 andar – Sala 1. Cep 14400500 centro – Franca-SP

https://wagnerdeoclecianoribeiro.files.wordpress.com/2020/07/bed56-digitalizar0001.jpg

Setembro/1997

Querida Franca, minha cidade natal,

Deitada em berço esplêndido sobre as três colinas do capim mimoso, seria a Franca do Imperador, a Franca de povo enobrecedor.

Nosso Criador desenhou um céu anil, dourado nas tardes de inverno e todo céu estrelado nas noites de verão, mas já é setembro findou o inverno de agosto, e antes que chegue a primavera com as flores multicores, quero aqui, brindar com toda a cidade, neste livro que dedico não só a você FRANCA, mas a Luciana, Maria Carolina e Maria Beatriz, minha flor tenra que completou seu primeiro ano de idade.

Maria Beatriz: um ano e algo como um sopro de vida, superou a doença mal entendida. Era o teste que nos faltava, a pensar nossos arquivos e soerguer nossa vontade para um novo impulso de vida.

Este livro pode ser traduzido como um grande impulso de vida, às vidas que se buscam nos encontros de primavera, às vidas que se investem nas novas descobertas, que fermentam valores criativos e inéditos, que buscam nos problemas, as resoluções pertinentes, àquelas que a cada desafio desabrocham soluções vitais para que a Humanidade possa caminhar.

Dedico este livro pois, à ciência da vida a meu país – terra da vida, à minha cidade que me guardou em vida e às futuras vidas que compreenderão o significado da morte…

E Que a primavera nos traga o perfume das flores.

Bem-vindos a nova versão do livro sobre Ciência e Homeopatia




AGRADECIMENTOS
 
Agradeço ao Senhor da vida que me re serviu a contracena com a morte.
 
– Agradeço ao palco encantado da família em que vivi um conto de fada.
 
– Agradeço à natureza como pano de fundo de toda realidade.
 
Ao dinâmico movimento da vida que amadurece na nação clarividente.
 
Quero agradecer também
 
– Ao sentido mais profundo das leis que curam a alma descrente.
 
– Ao significado da compaixão do observante.
 
– Ao tom da melodia do medicamento.
 
Enfim,
 
– À Harmonia que resulta desta trilogia quando associadas à luz da similitude.
 
 
 
 



“Te infundarei a minha sabedoria; conhecerás também as leis do mundo dos fenômenos externos, e nada mais te faltarás a conhecer. Entretanto, no meio de milhares de homens mal se encontra um que, seriamente, vá em demanda da verdade. E, mesmo entre os que buscam a verdade e a atingem, raras vezes se encontra um que, de fato, saiba que eu sou a Realidade.
 
Terra, água, fogo, ar e éter, vida, intelecto e espírito- tudo isso são revelações do meu ser.
 
Eu sou o sabor da água que bebes; eu sou o fulgor da lua e do sol; eu sou o AUM dos cânticos sacros dos Vedas; eu sou a harmonia dos espaços; eu sou a força procriadora dos homens.
 
Eu sou a fragrância da terra; eu sou o brilho do fogo; eu sou a vida de todos os vivos.
 
Tudo isto são aspectos finitos da minha infinita Realidade; mas nada disto é minha Essência Cósmica, que é a Consciência Vital pela qual todo esse Universo visível é sustentado.
 
Eu, porém, sou a Essência de tudo quanto existe; eu sou o princípio dos mundos e sou o seu fim.”
 
Bhagavad Gita
 
 
 

SUMÁRIO
 
APRESENTAÇÃO………………………………………………………………………………………………………..13
 
PREFÁCIO                                                                                                                                      
 
I – A REVOLUÇÃO FILOSÓFICO-CIENTÍFICA SOCIAL E ESPIRITUAL……………………………..15
II – O CONHECIMENTO CIENTIFICO ATUAL E A HOMEOPATIA……………………………………..16
III – A EPISTÊMESE E A HOMEOPATIA………………………………………………………………………….24
IV – A FILOSOFIA E A HOMEOPATIA…………………………………………………………………………….31
V – A LÓGICA E A HOMEOPATIA…………………………………………………………………………………..34
 
CAPITULO I
O PARADIGMA DA INTEGRALIZAÇÃO DO PENSAR……………………………………………………….35
 
I. “CONCEITO CIENTIFICO”: A IDÉIA QUE EVOLUI
   COMO CENTRO ORGÂNICO DO SER RACIONAL…………………………………………………………..35
 
II. “PHYSIS”: A IDÉIA QUE DEU BASE FILOGENÉTICA
      AO SER NA ANTIGÜIDADE……………………………………………………………………………………….37
 
II- DA “PHYSIS” AO “CONCEITO CIENTIFICO”: UMA IDÉIA
     FENOMENOLOGIA DO ESPÍRITO RACIONAL……………………………………………………………..48
 
IV. O CONCEITO CIENTÍFICO E A “PHYSIS”
      PARADIGMA PARA INTEGRALIZAÇÃO DO PENSAR………………………………………………….49
 V – A LÓGICA DA RAZÃO: A IDÉIA DE MASSA QUE
       EVOLUIR SE INTEGRA A IDÉIA DE ENERGIA QUÂNTICA………………………………………….55
 
CAPÍTULO II
O PERFIL EPISTEMOLÓGICO DA HOMEOPATIA…………………………………………………………….62
I – A NOÇÃO DE PERFIL EPISTEMOLÓGICO……………………………………………………………………62
II – A HOMEOPATIA EM BREVE FOCALIZAÇÃO HISTÓRICA GERAL………………………………..64
III- A HOMEOPATIA NO CONTEXTO HISTÓRICO ESPECÍFICO…………………………………………67
IV- IDÉIAS QUE CONTRIBUIRAM PARA A
      ESTRUTURAÇÃO DA DOUTRINA HOMEOPATICA………………………………………………………70
v. O MÉTODO TERAPÊUTICO RACIONAL DE CURAR………………………………………………………73
VI- A HOMEOPATIA PÓS-HAHNEMANN…………………………………………………………………………85
VII. ARGUMENTOS E CONTRA ARGUMENTOS EM HOMEOPATIA…………………………………. 86
VIII- A HOMEOPATIA E A CIÊNCIA: AS RELAÇÕES DO SABER E DO AGIR …………………… 88
IX – NA BUSCA DE UM PENSAR INTEGRAL CONFLUENCIAS
       HISTÓRICAS DA CIÊNCIA MÉDICA NORMATIVA
       ATUAL E A HOMEOPATIA CONTEMPORANEA SOCIAL…………………………………………..91
X- AS BASES TEÓRICAS E EXPERIMENTAIS
     DA HOMEOPATIA NA ATUALIDADE………………………………………………………………………100
 
CAPITULO III
A HOMEOPATIA COMO CIÊNCIA DO
“NÃO-SUBSTANCIALISMO”: O PRODROMO
DE UMA QUÍMICA “NÃO-LAVOISIANA”……………………………………………………………………….104
       I- O PRODROMO DE UMA QUÍMICA “NÃO-LAVOISIANA”………………………………………..104
       II – A FÍSICA QUÂNTICA, A TERMODINÂMICA O
            ELETROMAGNETISMO HOMEOPATIA: A CIENCIA
            DO “NÃO-SUBSTANCIALISMO”………………………………………………………………………….114
       III – O MODELO ORGANIZADOR BIOLÓGICO: A “PHYSIS”
             COMO PRINCÍPIO FENOMENOLOGICO DO SER
              RACIONAL VITAL EVOLUTIVO RACIONAL……………………………………………………….118
        IV – O SIGNIFICADO DA VIDA: A ENERGIA VITAL………………………………………………….121
         V – EFEITO PARADOXAL DO MEDICAMENTO HOMEOPÁTICO OU
               DA TEORIA ELETRODINÂMICA INDUTIVA HOMEOPÁTICA………………………………123
 
CAPITULO IV
AS CONEXÕES ESPACIAIS ELEMENTARES:
A NÃO- ANALITICIDADE HOMEOPÁTICA ……………………………………………………………………131
 
CAPITULO V
A LÓGICA HOMEOPÁTICA UMA LÓGICA
NÃO-ARISTOTELICA…………………………………………………………………………………………………..133
CAPITULO VI
O VALOR SINTÉTICO DA FILOSOFIA HOMEOPÁTICA:
UM CONTRAPONTO A FILOSOFIA DO NÃO………………………………………………………………….146
 
BIBLIOGRAFIAS…………………………………………………………………………………………………………152
 
 
 
 
 

APRESENTAÇÃO
 
Estamos aqui perante a um estudo de capital importância para a Homeopatia do terceiro milênio. Trata-se de um estudo sem nenhuma conclusão, mas traça um caminho coerente para melhor conhecer o Sistema Homeopático com um sentido claro dentro de um conhecimento científico vinculado a outras formas de conhecimento. Como está mencionado nesta obra: “A verdade é filha da discussão e não filha da simpatia.”
 
Tenho certeza que este estudo provocará discussões de todos os tipos, mas que conduzirá a eliminar inúmeras falsidades encobertas. Deixaremos de viver sob o jugo da mitologia sobrenaturais que foram úteis até o século passado, para sustentar pensamentos que o mecanismo reducionista não conseguia explicar e que ao mesmo tempo não aceitava as interpretações místicas.
 
Manter a simpatia por essas ideologias mística neste final de século XX é penetrar naquilo que C. G. Jun demonstra como “Pseudologia fantástica”, portanto uma estagnação do conhecimento.

Curiosamente, este estudo não menciona a “Declaração de Veneza”. E no entanto conspira pelo mesmo ideal. Em 1986 participaram de importante colóquio em Veneza organizado pela UNESCO e Fundação Giorgio Cini, vários cientistas e alguns filósofos discutiram o tema: “A ciência face aos confins do conhecimento”. Antes deste colóquio aconteceram outros dois em Córdoba e Tsukuba, sendo que em Veneza foi possível elaborar uma declaração fundamentada em uma conclusão emanada dos próprios cientistas.Estes constataram que chegamos ao limite de nossas possibilidades de conhecimento científico enquanto modalidade unica e exclusiva do conhecimento.

O encontro entre ciência, as diferentes tradições e filosofia são indispensáveis para a evolução cultural e do conhecimento humano.

Portanto, para aqueles homeopatas, sedentos por aprimorarem sua arte de curar, terão neste estudo uma diretriz de extraordinário valor, possibilitando discussões ponderadas e promissoras para, pelo menos não boicotarmos o processo evolutivo.
 
                                                                                           Dr. José Carlos F. Diniz da Gama  
                                                                                    Professor de Patologia e Homeopatia 
                                                                     ex- Professor de Patologia da UNESP-Botucatu
                                                         Professor do Instituto Homeopático François Lamasson
 
 
 
 
 
 
LEIA AINDA SOBRE O QUE ESTE AUTOR ESCREVE:

Gatilho Mental da Agroecologia Aplicada: mudar para o paradigma da sustentabilidade na prática!!!

Pensar integral e ter integralidade na construção coletiva da mudança é urgente e fundamental agora em 2021! Aprender a Aprender se torna um projeto pedagógico fundamental em que todos, seareiros da boa vontade, deveremos empreender e participar como fermento que leveda a massa toda. Para isto, criar na mente um gatilho mental de perspectivas positivas, … Continue lendo Gatilho Mental da Agroecologia Aplicada: mudar para o paradigma da sustentabilidade na prática!!!


Siga meu Livro A Homeopatia frente a Epistemologia II

Receba novos conteúdos na sua caixa de entrada.